As únicas coisas que ficam entre uma pessoa e o que ela deseja na vida é seu DESEJO DE TENTAR e a fé em ACREDITAR QUE SEJA POSSÍVEL. -- Rich Devos

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Como o Preço dos Produtos Afeta o Comportamento do Distribuidor

A proposta teórica do MMN é encurtar a cadeia de distribuição substituindo o modelo tradicional do produto circular de grandes atacadistas, passando pelos pequenos distribuidores até chegar ao ponto de venda, por um modelo de venda direta com no máximo o distribuidor fazendo a venda ao consumidor final.

Na prática, notamos que a maior parte das empresas de MMN trabalham com produtos de qualidade, mas seus preços são elevados, geralmente acima do preço praticado por produtos vendidos pelo modelo tradicional. O resultado disto é que estes produtos tem baixa liquidez e dificilmente os distribuidores conseguem vendê-los aplicando a margem prevista, sendo o resultado a venda pelo preço que compram ou simplesmente o consumo pessoal e não a revenda. Com isso, os distribuidores tendo a baixa liquidez só encontram meios de obter clientes quando fazem o recrutamento de novos distribuidores, pois desatrelado do negócio o produto não encontra mercado disposto a pagar o seu preço.

O MMN precisa resgatar seu conceito proposto e aplicá-lo de fato, ou seja, ter produtos de qualidade e benefícios percebidos vendidos a um preço competitivo onde os consumidores finais estejam dispostos a pagar para obter os benefícios desejados. Só assim o MMN se afasta de forma inequívoca do conceito de pirâmide a qual é geralmente associado. É preciso um mercado ávido por adquirir produtos (ou serviços) oferecidos independentemente da oportunidade de negócio atralada. E se um distribuidor forma uma carteira de clientes que compram de forma regular, ele tem de fato um negócio nas mãos que pode demonstrar aos seus potenciais candidatos ao negócio e assim uma organização sólida e sustentável forma-se pelo seu esforço de venda e promoção.

6 comentários:

Samuel Ribeiro disse...

Olá Ricardo parabéns pelo post.

Sobre o assunto, será que isso algum dia vai mudar? Eu temo que não, infelizmente, mas o que poderia ser feito para que houvesse essa mudança tão drástica?

Já que esse argumento arcaico de q o motivo é a cotação do dólar, cai por terra qdo nos deparamos com produtos similares de mesma origem de fabricação a um preço muito inferior?

Abração

Þ@ülø ® disse...

Prezado Ricardo, bom dia.

Sou analista de sistemas, trabalho com informatica desde 1998, posso me considerar um profissional de sucesso na carreira que escolhi, porém o dinheiro nunca da para pagar todas as contas, e para fazer aquela tão sonha viagem.
Entrei para o mercado do MMN e estou recrutando as pessoas, mas ainda estou andando na contra mão da crença, gostaria de algumas dicas para ter a certeza que escolhi a empresa certa, e que não estou colocando todos os meus amigos em uma tremenda furada. A empresa a qual trabalho tem um produto, e são como o seu comentário com um preço acima do mercado. Ajude-me por favor, necessito acreditar que o que estou fazendo irá realmente trazer o bem para as pessoas que estou envolvendo, tenho certeza que enquanto eu não acreditar nisso concretamente não serei um bom lider neste negócio.

Desde já agradeço.

Ricardo Guimarães disse...

Caro Samuel,
Penso que para mudar é preciso que haja pioneirismo pela visão. E assumindo que esta é de fato a verdadeira resposta, o sucesso pioneiro servirá de exemplo estabelecendo novos paradigmas.

Afirmo que dentre as estratégias que estamos estabelecendo para re-inserir uma empresa no mercado, esta será uma premissa utilizada. Assim, daremos o exemplo.

Ricardo Guimarães disse...

Caro Paulo,
Obrigado por compartilhar. Parabéns por buscar a justa e merecida prosperidade para sua família. Parabéns também por fazer uma reflexão honesta sobre o seu momento profissional.

Infelizmente, o preço elevado é o que encontramos em praticamente todas as empresas de MMN, razão pelo qual escrevi o artigo. Quanto ao modelo de negócios do marketing de rede, asseguro-lhe, dentro a minha absoluta convicção, que com todas as imperfeições que ele contempla (e não são poucas), o modelo supera de longe qualquer outro no que diz respeito a possibilitar alguém obter prosperidade com liberdade. Mas não se engane, pois esta liberdade tem um preço bem alto a princípio. Caso queira uma avaliação mais precisa, além de incentivo ao seu desempenho na atividade, coloco-me ao seu dispor para um bate-papo.

Willer disse...

Parabéns amigo Ricardo Guimarães. Este é um dos motivos que eu sempre pesquisei e pesquiso muito sobre multinivel no Brasil . Isso que falo muito para muitas pessoas.

Ricardo Guimarães disse...

Caro Willer,
Obrigado. Isto é realmente o que penso e sonho obter numa empresa de MMN.